INdTComo fazemosFormação de CompetênciasINdT apoia a Maratona de Programação da UFAM 2012

INdT apoia a Maratona de Programação da UFAM 2012

segunda-feira, 26 nov 2012 247745_435972046448502_1160966723_n

Competição mobiliza alunos de graduação e pós-graduação na busca de novas soluções de software, promovendo a criatividade e o trabalho em equipe

O Instituto Nokia de Tecnologia foi um dos apoiadores da Maratona de Programação organizada pelo Instituto de Computação da Universidade Federal do Amazonas (IComp/UFAM) 2012, promovida no Brasil pela Sociedade Brasileira de Computação, em parceria com a Fundação Carlos Chagas, e que faz parte de uma competição mundial promovida pelo ACM International Collegiate Programming Contest apoiada pela IBM. A etapa regional AM/RR é classificatória para a final brasileira, que faz parte da etapa sul-americana, classificatória para as finais mundiais deste concurso de programação.

A competição é destinada a alunos de graduação e pós-graduação na área de Computação (Ciência da Computação, Engenharia da Computação, Sistemas de Informação, Matemática Computacional , entre outros). O objetivo é promover a criatividade na resolução de problemas, a capacidade de trabalho em equipe, a habilidade de resolver problemas sob pressão, sempre aplicando conceitos teóricos e métodos avançados de programação, que preparam os alunos para grandes desafios científicos e do mercado de trabalho, servindo de base na busca de novas soluções no desenvolvimento de software e na inovação tecnológica em geral.

“Apoiar esta competição nos dá a oportunidade de participar do desenvolvimento de novas soluções de software, desta forma, contribuir para a evolução profissional dos alunos”, ressalta a gerente de recursos humanos do INdT, Vanessa Milon.

No total, 16 equipes participaram do torneio, sendo todas formadas por alunos de universidades de Manaus: FUCAPI, IFAM, UEA, UNINORTE E UFAM (ICOMP E ICET). Confira a lista de vencedores e mais informações em www.facebook.com/maratonadeprogramacao.manaus.

“Os alunos que participam destas competições de programação adquirem um perfil diferenciado, pois conseguem aplicar um conhecimento teórico avançado na resolução de problemas dos mais variados tipos e complexidades, além de trabalharem aspectos como capacidade de abstração, grande criatividade, trabalho em equipe e alta produtividade sob pressão, sendo cobiçados por grandes empresas tecnológicas e importantes centros de pesquisa&desenvolvimento”, ressalta a professora e pesquisadora Rosiane de Freitas Rodrigues (IComp/UFAM), diretora da competição e membro da ACM ICPC.

 

Formação de Competências, Notícias, Universidades

Notícias

Projeto sobre redes móveis e TV Digital ganha prêmio Tecnologia Nacional no TeleSíntese 2014

terça-feira, 04 nov 2014

É nosso! O INdT, centro de P&D parceiro da Microsoft, conquistou, nesta segunda-feira (3), o prêmio Destaque Tecnologia Nacional dentro […]

Produção científica é reforçada em nova estratégia do INdT

Artigos científicos, palestras, minicursos e workshops ganham força com a nova estratégia do Instituto de produzir inovação e incentivar ainda […]

Veja mais notícias >